468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Carona aos bebuns do Oktoberfest
fonte : Folha on line
13-Out-2005


A Prefeitura de Blumenau e a ONG Trânsito Sóbrio firmaram uma parceria para levar para casa o motorista que beber demais na Oktoberfest deste ano.

Em vez de tentar proibir o folião que exagerar na dose de guiar o carro, as entidades criaram um serviço em que se oferecem para levá-lo em casa. De graça. O objetivo, segundo os órgãos, é diminuir os acidentes de trânsito na época do evento. Só em 2004, foram 574 registros em outubro (mês da festa) --o maior índice registrado no ano.

Para se candidatar à carona, basta estar de carro e morar ou estar hospedado na cidade. Todos os dias, a partir das 21h, cerca de 35 voluntários estarão à espera do motorista que optar pelo serviço. A 22ª edição do evento começou nesta sexta-feira. Serão 17 dias de festa.

A barraca da "Oktobersegura" fica próxima à entrada. Lá, o motorista passa por um teste de bafômetro, para analisar o nível de álcool no sangue: se estiver com mais de seis decigramas por litro --limite aceito pelo Código Nacional de Trânsito-- é levado para casa em seu próprio carro.

"Se alguém que estiver abaixo do nível também disser que não está em condições, levamos", diz Juarez de Souza, do Seterb, órgão gerenciador e fiscalizador do sistema de trânsito e transporte de Blumenau.

O voluntário pega o carro do visitante e o deixa na porta de casa. Para voltar ao evento, conta com a ajuda de um outro voluntário, que o segue de moto.

A prefeitura deverá arcar com o custo de cerca de R$ 15 mil. Além de cartazes e abanadores, há uma rádio que anuncia o serviço ao público nos alto-falantes.


mais notícias