468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Tumulto no Queen Mary II
fonte : Terra
24-Jan-2006


Passageiros do navio de cruzeiro Queen Mary 2 ameaçam não sair da embarcação em protesto contra mudanças de última hora no itinerário do passeio de luxo. O navio, que é a maior e mais cara linha de cruzeiro do mundo, teve que cortar três paradas na América Latina devido a problemas em um dos seus motores propulsores, disse Eric Flounders, porta-voz da agência Cunard.

A Cunard ofereceu aos 1 mil passageiros programados para desembarcar no Rio de Janeiro 50% de reembolso pelas paradas canceladas em Barbados, St. Kitts e Salvador. Alguns ficaram insatisfeitos e solicitaram encontros com o capitão para discutir o problema.

"O capitão teve diversos encontros com vários grupos. Algumas pessoas disseram a ele que não descerão no Rio", disse o porta-voz. Ele acrescentou que um pequeno número de passageiros está protestando, mas não soube dizer quantos.

O navio britânico saiu na semana passada de Port Everglades, Flórida, em uma viagem de 38 dias com 2,5 mil passageiros em direção à América do Sul. Eric Flounders afirmou que a Cunard não sabe prever quantos portos mais o Queen Mary 2 terá de passar sem parar a fim de conseguir chegar ao Rio no dia planejado, 26 de janeiro.

Um passageiro da embarcação, Alan Berg, disse à BBC que muitas pessoas estão extremamente infelizes e exigem reembolso total. "Nós devíamos ter tido a opção de descer em Fort Lauderdale (na Flórida) e não ter iniciado o cruzeiro. Agora não é mais um cruzeiro realmente, mas uma viagem pelo mar até o Rio. Muitos passageiros estão fazendo a viagem da sua vida e vi muitos em lágrimas", contou Berg, 63 anos.


mais notícias