468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Ceará atrai US$ 1,1 bilhão em hotéis
fonte : Gazeta Mercantil
26-Jan-2006


Valor será investido por grupos europeus no estado, que deve receber 320 mil estrangeiros em 2006. A Secretaria do Turismo (Setur) do Ceará projeta, para os próximos dois anos, aportes da ordem de US$ 1,1 bilhão em novos empreendimentos, sendo US$ 700 milhões com chances de sair do papel ainda em 2006. O coordenador de atração de investimentos da Setur, Alexandre Cabral, adianta que o grupo espanhol Sar, especializado em serviços imobiliários residenciais e dono de 19 hotéis na Espanha voltados à terceira idade, tem planos para o Playa Mansa, em Fortim, a 110 quilômetros do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, orçado em cerca de US$ 80 milhões.

"O projeto envolve 300 hectares e depende apenas de licença do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema)", diz Cabral. O Ceará marca presença na 26ª Feira Internacional de Turismo (Fitur), realizada no Parque Ferial Juan Carlos I, em Madri, com espaço no estande do Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo).

A rede Sol Meliá, que já opera duas unidades em Fortaleza (categorias Gran e Sol), pretende desembarcar no Estado com mais um projeto. Desta vez, com o modelo Paradisus, que funciona no sistema "all inclusive". Serão investidos cerca de US$ 100 milhões, em 600 apartamentos. O novo empreendimento seria integrado ao Aquiraz Golf and Beach Village, orçado em US$ 336 milhões no global. A rede também projeta outro hotel para o Nordeste.

A agenda de projetos da Setur inclui ainda as redes espanhola de hotéis e resorts Iberostar e a alemã Tui-Riu, dispostas a investir no Brasil. Cabral acrescenta que está previsto para, neste primeiro semestre, o início do projeto Cumbuco, do grupo português Vila Galé, em área de 500 hectares, na Barra do Cauípe. O valor global está estimado em torno de US$ 200 milhões, sendo US$ 30 milhões na primeira fase.

O grupo português, com dois hotéis no Brasil - em Fortaleza e Salvador - está concluindo as obras do Vila Galé Marés, em Guarajuba, na Bahia, com estimativa de entrega para fevereiro e, logo depois, deverá começar as obras do novo empreendimento no Ceará.

A estratégia da secretaria é consolidar o Ceará como destino "sol e mar" e contempla a busca de turistas de maior poder aquisitivo, por isso a atenção a projetos como spa e campos de golfe, por exemplo.

Até o final da 26ª Feira Internacional de Turismo (Fitur), que abriu ontem e encerra no sábado, em Madri, Espanha, o secretário de Turismo do Ceará, Allan Pires de Aguiar, espera ampliar as possibilidades investimentos no Estado. Ele vai apresentar as vantagens competitivas do Ceará para investidores em seminário a ser realizado hoje na Casa do Brasil.

"Temos localização privilegiada em relação à Europa, o preço do metro do quadrado mais baixo do mundo, custo de mão-de-obra menor em relação ao de outros destinos", enumera o secretário. O câmbio favorável ao investidor europeu e a taxa interna de retorno do investimento em função do clima - no Ceará o sol brilha cerca de 300 dias por ano - são alguns dos argumentos de Aguiar.

O Ceará quer concorrer com a América Central e o Caribe e captar pelo menos 10% do mercado turístico a partir da Europa", diz o secretário de Turismo, Allan Aguiar. A Setur projeta aumentar de 266 mil visitantes estrangeiros, registrados ano passado, para 320 mil em 2006. A Espanha deverá contribuir com cerca de 41 mil, diante dos 11,7 mil de 2005, concorrendo para a segunda colocação no ranking de visitantes internacionais. Portugal lidera com 61 mil em ano passado, e deverá chegar a 74 mil neste ano, calcula a Setur.

Mais vôos

As duas novas freqüências da espanhola Air Madri, que iniciou sua operação na semana passada, devem contribuir para confirmar essas projeções. A rota inclui Madri-Fortaleza-Buenos Aires. A companhia anunciou que, até julho, entra em operação o vôo Barcelona-Fortaleza-Santiago do Chile, ampliando a oferta de assentos.

A Setur conseguiu a promessa da TAP de alocar aeronaves com maior número de poltronas nos vôos regulares para o Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, ampliando em 30% a oferta ao Estado, segundo o secretário Allan Aguia.

A Setur vai investir R$ 4 milhões neste ano para promover o destino Ceará em feiras internacionais. Após a Fitur, em Madri, tem projetos para Milão, Nápoles e Rimole, de março a agosto próximos, incluídas no calendário da Embratur.


mais notícias