468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
VASP: Recuperação depende de quitação de 1 bi
fonte : O Estado de São Paulo
06-Jul-2006


A Empresa Brasileira de infra-estrutura Aeroportuária (Infraero), que administra os aeroportos do País, insiste em receber toda a dívida de quase R$ 1 bilhão da Vasp. O presidente da estatal, brigadeiro José Carlos Pereira, informou nesta quarta-feira por meio de sua assessoria, que "não há base legal" que permita à Infraero aceitar a proposta da Vasp de pagar a dívida com um deságio de quase 65%.

"Isso seria uma prevaricação (não cumprir os deveres do cargo público), e não há como a Infraero abrir mão do que não é só dela", afirmou o brigadeiro, lembrando que parte do dinheiro é devido ao Comando da Aeronáutica, que o aplica em ações de segurança de vôo.

Técnicos da Infraero voltaram a analisar, nos últimos dias, a possibilidade de flexibilizar a cobrança da dívida. A conclusão, no entanto, é que não há como abrir mão de valores porque eles envolvem recursos públicos. Na dívida da Vasp, há tanto tarifas aeroportuárias - devidas pela empresa e cobradas de todas as companhias pela utilização das instalações em aeroportos para pousos, decolagens e manutenção - quanto tarifas de embarque pagas pelos passageiros ao comprarem bilhetes aéreos.

Sendo mantida essa proposta, a orientação do Conselho de Administração da estatal é votar contra o plano de recuperação da Vasp nas assembléias de credores. A empresa admite apenas a possibilidade de negociar a forma e eventual parcelamento da dívida.


mais notícias