468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Air Canada deve ser sócia da Varig
fonte : Invertia
25-Ago-2006


A Air Canada deve anunciar na sexta-feira sua entrada no capital da Varig, informou o jornal O Estado de S. Paulo. Por meio da holding Ace Aviation, a empresa canadense estaria negociando a compra de 10% da nova Varig do fundo americano Matlin Patterson, que adquiriu a Varig em leilão no dia 20 de julho, em sociedade com a Volo do Brasil (dona da VarigLog).
A assinatura do acordo está condicionada à concessão, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), do Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo (Cheta) para a nova Varig poder operar. A Anac deve apreciar o pedido até sexta-feira e a expectativa é que o certificado seja concedido. Sem o certificado, a venda da Varig perde a validade e a falência pode ser decretada.
O acordo a ser firmado prevê a transferência de parte da frota de Boeings 767 da companhia canadense para a brasileira. Além disso, a Air Canada deve ceder para a Varig pelo menos seis posições na fila de entregas do avião Embraer 190. A Air Canada tem uma carteira de 45 pedidos do 190, dos quais 11 foram entregues até o final do primeiro semestre deste ano. Os demais devem ser entregues até o final de 2007.
Por ser uma empresa estrangeira, a entrada da Air Canada no capital da Varig precisará ser avaliada pela Anac. Juntas, Matlin Patterson e Air Canada não poderão ter mais de 20% do controle.


mais notícias