468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Governo do Rio Grande do Norte cerca dunas de Genipabu
fonte : Folha de São Paulo
31-Ago-2006


O Idema (órgão ambiental estadual) do Rio Grande do Norte cercou parte das dunas de Genipabu, em Extremoz (25 km de Natal), um dos principais pontos turísticos do Estado. Cumpriu recomendação do Ministério Público, que apontou impactos ambientais causados por passeios de buggy, dromedário e "esquibunda".

A medida é criticada por comerciantes, bugueiros e até dentro do governo. Alegam que a redução das dunas é resultado da expansão imobiliária irregular na região e pedem um laudo que comprove a degradação das dunas pelos passeios.

A cerca, de 550 metros, foi instalada há aproximadamente dez dias, no meio da duna principal da praia de Genipabu. O objetivo é impedir o trânsito de veículos e animais e a prática de "esquibunda" (descer a duna sentado em uma prancha) naquela parede, localizada em área devoluta (estatal mas sem uso público).

O promotor Antônio de Siqueira Cabral afirmou que essas atividades reduziram a duna à metade de seu tamanho original. "Ou tomávamos uma atitude ou a duna desapareceria", disse.

Os bugueiros, que utilizam a duna em períodos de maré alta para chegar a outras praias, dizem que o cercamento aumentou o percurso dos turistas em até 18 km, inviabilizando o passeio. "Está horrível", disse o presidente do sindicato da categoria, Eduardo Pires.

O subsecretário do Turismo do Rio Grande do Norte, Francisco Soares, disse que o Estado foi "pego de surpresa" pelo cercamento. Afirmou que a medida pode trazer "prejuízo grande" para todo o setor no Estado, já que 90% dos turistas que vão a Natal visitam Genipabu.

"O que causa a degradação são as construções irregulares, que não têm nada a ver com a atividade turística", disse Soares. Estima-se que haja entre 200 e 300 construções irregulares em Genipabu, mas o poder público não tem um levantamento da situação fundiária na região.

Opositores do cercamento montaram comissão para pedir a produção de laudo sobre as dunas. "Qualquer laudo irá provar a degradação da área", disse o promotor Cabral.


mais notícias