468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Turismo pode movimentar R$ 4 bilhões no Ceará
fonte : Márcio Teles
29-Set-2006


A duplicação do Centro de Convenções de Fortaleza pode custar até R$ 60 milhões ao Estado, responsável pelo espaço. Segundo o secretário de Turismo, Allan Aguiar, não há prazo para o início das obras. A expansão é apontada pelo secretário como essencial para o Ceará, que pode conseguir uma movimentação financeira de R$ 4 bilhões com o setor em 2010.

A ampliação do Centro de Convenções Edson Queiroz, em Fortaleza, pode custar entre R$ 50 milhões e R$ 60 milhões ao Governo do Estado. A intenção da Secretaria de Turismo do Estado (Setur), que administra o espaço, é duplicar a capacidade do lugar para receber até 50 mil pessoas durante os eventos. A estimativa foi divulgada ontem, Dia do Turismo, pelo titular da pasta, Allan Pires Aguiar, após a apresentação do relatório Ceará Turístico, que contém um balanço do setor de 2003 a 2006 e faz projeções do mercado para os próximos quatro anos. Segundo Aguiar, a variação na estimativa se deve ao fato do projeto ainda não estar totalmente concluído.

O governo ainda não definiu prazos, mas o secretário afirma que após o processo de licitação será possível finalizar a obra em 12 meses. Aguiar aponta a expansão do Centro de Convenções como essencial para que o Estado alcance as metas estabelecidas divulgadas no relatório. "Essa obra deve ser uma meta do próximo governo porque o Estado está com a capacidade de receber eventos limitada", diz. De acordo com a Setur, o Ceará deve chegar a 2010 com fluxo turístico de três milhões de pessoas por ano, que deverão injetar na economia do Estado R$ 4,135 bilhões. Em 2005, o Ceará recebeu 1,3 milhão de visitantes que deixaram R$ 2,3 bilhões na economia.

As estimativas para 2010 elevam a receita gerada pelo turismo para R$ 7,23 bilhões quando se incluem os efeitos multiplicadores, como compra de insumos e contratação de serviço para produtos turísticos. Assim, o impacto do turismo no Produto Interno Bruto (PIB) passaria de 11,8%, em 2005, para 14,4% em 2010. "Tudo isso se traduz em empregos. O turismo está dentro do setor de serviço e foi o setor de serviço que conduziu o processo de geração de postos de trabalhos formais no Ceará nos últimos anos", afirma.

Segundo o relatório, a posição de julho na captação de investimentos do Ceará foi de R$ 2,64 bilhões a serem feitos em 12 empreendimentos. Segundo estimativas do Governo do Estado, após o funcionamento desses aparelhos turísticos serão arrecadados, por ano, R$ 20 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e R$ 87 milhões com outros


mais notícias