468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Emendas anti-gays e guerra prejudicam turismo nos EUA
fonte : Mix Brasil
13-Out-2006


Emendas contra o casamento gay e a guerra no Iraque estão fazendo com que muitos homossexuais evitem viajar para os EUA, de acordo com novo estudo internacional divulgado nesta quarta-feira, 11/10.

O estudo, realizado pela Community Marketing, empresa especializada na indústria de turismo GLBT, mostrou que para 68% dos turistas gays e lésbicas estrangeiros a guerra e as emendas anti-gays pesam em sua decisão de escolher os EUA como destino.

A questão do casamento gay é particularmente importante para os gays no Canadá, onde esse tipo de união é permitida. Para os especialistas, os resultados apontados pelo estudo podem ter um sério impacto na indústria do turismo. Os canadenses representam o segmento mais importante no turismo mundial.

O estudo indicou, porém, que turistas GLBT estrangeiros preferem visitar cidades onde a comunidade gay é grande e influente. O estudo também mostrou que 74% de lésbicas e gays norte-americanos preferem viajar para países mais tolerantes em relação aos direitos de GLBT.

21% dos entrevistados disseram que se sentiriam seguros ao viajar para os EUA e 43% deles disseram que as questões de segurança influenciariam em sua decisão.

Entrevistados da América Latina, Canadá e Europa mostraram uma maior preocupação com a segurança, enquanto entrevistados da Ásia disseram se sentir seguros quando viajam para os EUA.

A Community Marketing entrevistou 7500 pessoas para realizar o estudo.


mais notícias