468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Brasil terá aeroporto para comportar maior avião do mundo em 2010
fonte : Folha on Line
25-Out-2006


A construção do terminal 3 do aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP), projetado para receber vôos internacionais e alto fluxo de passageiros, vai permitir a operação no Brasil do A380, o novo modelo da Airbus considerado o maior avião de passageiros do mundo. O terminal 3 vai custar R$ 1 bilhão e deve entrar em operação em 2010.

As obras de ampliação do aeroporto popularmente conhecido como Cumbica (o oficial é André Franco Montoro) tem projeto pronto e licitação em andamento. De acordo com o superintendente de Empreendimentos de Engenharia da Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária), Armando Schneider, as obras devem começar no ano que vem.

O principal diferencial do terminal 3 é a ponte que permite o embarque e o desembarque dos passageiros. Como o A380 tem dois andares, o aeroporto precisa ter uma ponte duplo deck para agilizar o embarque e desembarque. Nenhum aeroporto no Brasil tem a ponte e Cumbica será o primeiro.

O terminal também deverá ter uma área maior para garantir conforto aos passageiros nos balcões de atendimento, embarque e na área de desembarque e retirada de bagagem.

A pista atual de Cumbica, assim como a do aeroporto Antonio Carlos Jobim, conhecido como Galeão, no Rio, comportaria, em tese, pousos e decolagens do A380 caso alguma empresa tivesse a intenção de começar a utilizar o avião antes de 2010.

No caso de São Paulo, uma melhora no acostamento para que as turbinas não tenham problemas durante o pouso ou decolagem chegou a ser projetada e custaria R$ 2 milhões. As demais instalações do aeroporto, entretanto, deixariam a desejar.

A homologação do A380 deve ocorrer em dezembro deste ano e as entregas pela Airbus começam em setembro do ano que vem, com 18 meses de atraso. A previsão era entregar a primeira em março deste ano e executivos da Airbus foram pressionados e deixaram a empresa por conta da demora, que gerou insatisfação entre as companhias aéreas clientes.

O atraso nas entregas, segundo a Airbus, não decorre de problemas técnicos ou de aerodinâmica do avião, mas das instalações elétricas da cabine de passageiros, que foi produzida por uma empresa alemã.

No total, a Airbus já recebeu 159 encomendas firmes do A380 e do A380F (versão cargueira), de 16 clientes. As aeronaves encomendadas tem, em geral, capacidade para até 555 passageiros, divididos em três classes. Mas os aviões podem transportar até 870 passageiros, em classe única.

Não há empresas brasileiras na lista, mas Air France e Lufthansa, que vão comprar 10 e 15 aviões A380, respectivamente, têm rotas para o Brasil e poderão vir a utilizar o avião caso haja demanda.


mais notícias