468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Vagas temporárias: onde trabalhar no fim do ano
fonte : Invertia
29-Nov-2006


O final do ano costuma movimentar o mercado de trabalhos temporários. Para quem pretende levantar algum dinheiro, as festas e o aquecimento do turismo podem ajudar nessa época.

De acordo com a gerente de Recursos Humanos da Elithe Mão de Obra Temporária, Liliana Notarrigo, a demanda por funcionários chega a crescer 30% nessa época em relação ao restante do ano. Ela afirma também que essas vagas normalmente têm duração de três meses, com início em novembro, mas algumas podem se estender por mais tempo.

Nas lojas de shoppings do País, por exemplo, a expectativa é de que 80 mil empregados extras devem ser contratados para os últimos meses de 2006 - um aumento de 6% em relação a 2005 - de acordo com estimativa da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop).

Hotéis

"O final do ano é a alta estação do turismo Brasileiro", afirma o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), Eraldo Alves da Cruz. Com isso, diz ele, os hotéis aumentam sua equipe em até 60%.

Cruz explica que todos os segmentos da rede hoteleira abrem vagas temporárias nesse período - que para a área dura entre novembro e março, após o Carnaval.

"Com o grande aumento de clientes, o hotel tem que contratar cabeleiras, camareiras, recepcionistas, motoristas. Todos os 52 segmentos (da hotelaria) têm vagas abertas".

Eraldo Alves da Cruz afirma que os salários dos trabalhadores da rede hoteleira variam entre R$ 450 e R$ 800.

Cruzeiros

Outra boa aposta é a temporada de cruzeiros, que movimenta o mercado de turismo, de novembro a fevereiro, quando os navios circulam pela costa do País. Embora a maior parte tripulação já venha do exterior, é obrigatório que 25% da equipe seja de brasileiros. As vagas variam para períodos de dois a sete meses.

A empresa Work At Sea - que recruta e seleciona trabalhadores para diversos navios - afirma que ainda tem 150 vagas em aberto para funções variadas, como garçons, camareiros, bartenders, cozinheiros e ajudantes de serviços gerais.

Os salários vão de US$ 554 a US$ 1,6 mil mensais, dependendo da função. Para se candidatar, é preciso ter mais de 21 anos, inglês fluente e experiência no setor restaurantes, bares e hotéis.

Restaurantes

Outro setor que busca funcionários nessa época do ano é o de restaurantes e buffets. Enquanto os restaurantes têm um aumento de trabalhadores de 2%, os buffets recebem uma ajuda extra de temporários de até 20%, segundo Joaquim Saraiva de Almeida, presidente de São Paulo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-SP).

O período de trabalho, normalmente, dura somente o mês de dezembro. A maioria das vagas, afirma Almeida, é para atendimento, como garçons e recepcionistas.

Na área, os trabalhadores costumam receber diárias, e não salários fixos. O valor dessas diárias pode chegar a até R$ 100. Almeida afirma que os restaurantes e buffets trabalham muito com indicações. Portanto, o melhor jeito de se conseguir um emprego é conhecendo alguém que já trabalha.

Procura

Adriano Araújo, diretor-executivo do Grupo Foco, que realiza processos de seleção, afirma que o melhor modo de procurar vagas para trabalhos temporários é inscrevendo o currículo em empresas de recursos humanos.

Além disso, ler os classificados dos jornais diariamente e conversar diretamente com as empresas que buscam por temporários pode ajudar muito.

O presidente da Abih, Eraldo Alves da Cruz, também recomenda que se procure cooperativas de trabalho, que costumam saber de vagas para esse tipo de emprego.

Já o economista Marcel Solimeo vai além. Para ele, o interessado em conseguir um emprego no final do ano deve entrar nas lojas, conversar diretamente com quem contrata e se oferecer para a vaga.


mais notícias