468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Turismo movimenta meio bilhão de dólares no estado
fonte : Diário de Natal
25-Abr-2007


O Rio Grande do Norte conseguiu no ano passado romper a barreira dos 2 milhões de turistas. Foram exatos 2.186.880, sendo 1.887.718 brasileiros e 299.162 estrangeiros. O volume de visitantes de outros países emplacou um aumento de 103% em relação aos números de 2002. Já no caso dos brasileiros, o incremento dos quatro últimos anos ficou em 47,85%. Outra barreira emblemática batida pela atividade turística potiguar no ano passado diz respeito à receita da atividade, ou seja, ao volume de recursos movimentados pela cadeia do turismo norte-rio-grandense. Neste caso, superamos o meio bilhão de dólares (somamos US$ 578.744.536). Os dados foram fechados ontem pela Secretaria de Turismo do estado e o Diário de Natal teve acesso com exclusividade a eles.

Embora reconheça que os números ficaram abaixo do que se esperava no início do ano (a expectativa era fechar 2006 com 2,4 milhões de turistas no RN), o secretário de Turismo do Rio Grande do Norte, Fernando Fernandes, comemora os dados. Segundo ele, o ano passado foi cheio de revezes para o turismo e fechar o exercício com dados positivos chegou a ser surpreendente.

“Vale lembrar que tivemos a crise aérea e a baixa do dólar no final do ano que fez com que muitos destinos ficassem mais baratos que o Brasil. Isso foi determinante para que os números não pudessem ser ainda melhores”, diz o titular da Setur.

O secretário afirma que os bons resultados no turismo potiguar se devem ao que ele chamou de “sintonia entre o Poder Público e a iniciativa privada, que faz com que o destino Natal tenha uma divulgação muito boa nos mercados nacionais e internacionais”.

Além dos números de fluxo e receita turística, o levantamento da Setur traz dados sobre a permanência do turista no estado que também apontam para uma evolução. Em 2003, por exemplo, o turista nacional ficava, em média, sete dias no Rio Grande do Norte. No ano passado esta média foi de 8,82 dias. No caso dos turistas estrangeiros, a média de permanência saltou de 9,41 dias para 13,24 dias entre 2003 e 2006.

E os visitantes ficaram mais tempo e também aumentaram seus gastos diários. Cada brasileiro deixou aqui no Rio Grande do Norte no passado US$ 37,51 dólares por dia, contra US$ 20,16 que ele deixava em 2002. Os visitantes internacionais, que antes deixavam US$ 49,95 por dia, passaram a gastar US$ 72,7 por dia em 2006.

O estudo da Setur também mostra que houve um salto de mais de dez mil leitos a mais no estoque norte-rio-grandense. Tínhamos 34.015 leitos em 2002 e em 2006 fechamos o ano contabilizando 45 mil leitos.

E se o ano de 2006 já foi considerado muito bom para o turismo potiguar, 2007 promete ser melhor. Fernando Fernandes prefere não ser muito contundente nas previsões, mas arrisca que haverá um incremento de 6% a 8% no fluxo turístico este ano em relação ao ano passado, o que levaria o RN a bater na casa dos 2,5 milhões de visitantes. Outro indicador positivo é o volume de investimentos estrangeiros em projetos turísticos no estado.

Até 2010, deverão estar implantados no estado 237 empreendimentos turísticos, que somarão investimentos da ordem de 3 bilhões de euros.


mais notícias