468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Papa aquece turismo religioso
fonte : Fator
11-Mai-2007


A passagem do papa Bento XVI por São Paulo e Aparecida deve movimentar o turismo religioso brasileiro, com romeiros vindos de todas as partes do País. Apesar dos preparativos, a FRESP teme pela infra-estrutura oferecida aos visitantes provenientes dos 10 mil ônibus de fretamento que acompanharão a visita papal.

A visita oficial do papa Bento XVI ao Brasil, entre os dias 9 e 13 de maio, deve aquecer o turismo religioso no País. Segundo a CNBB, estão sendo aguardados, somente na cidade de São Paulo, cerca de 1 milhão de fiéis no Campo de Marte, além de 35 mil jovens no estádio do Pacaembu, e, pelo menos, 500 mil pessoas em Aparecida do Norte, interior de São Paulo, onde será realizada a V Conferência do Episcopado da América do Sul e Caribe. O papa deve ainda visitar a cidade de Guaratinguetá (SP).

O turismo em torno do papa deve movimentar um montante de R$ 60 milhões na Capital paulista.

Além da média 120 mil turistas em finais de semana, milhares de pessoas deverão viajar para a cidade de Aparecida com a intenção de participar da missa celebrada pelo papa Bento XVI. Com apenas 36.129 habitantes, Aparecida é o maior pólo de turismo religioso do País e atrai cerca de oito milhões de romeiros todos os anos. Por viajar em grupo ou em família, o turista religioso usa mais transporte rodoviário do que aéreo.

Turismo religioso e rodoviário - Toda essa movimentação deve mobilizar uma frota de 10 mil ônibus de fretamento às cidades visitadas pelo papa. O que preocupa Maurício Marques Garcias, presidente da FRESP- Federação das Empresas de Transportes de Passageiros por Fretamento do Estado de São Paulo, é a infra-estrutura preparada para receber esse meio de transporte e seus passageiros.

Segundo o diretor-executivo de planejamento de Aparecida, Carlos Alberto de Almeida, foram construídos uma alça marginal à via Dutra, novos bolsões de estacionamento para 40 mil carros e ônibus – antes a cidade comportava 19 mil - e três calçadões para facilitar a circulação do público na cidade.

Os estacionamentos adicionais para 2 mil ônibus foram distribuídos em três pontos próximos à Basílica, onde será celebrada a missa pelo pontífice: no bairro de Santa Terezinha, próximo ao residencial Rosa de Ouro (1.400 ônibus); estacionamento Santo Afonso, no centro (324 ônibus) e no bairro de Vila Mariana (280 ônibus). Uma área reserva no bairro do Jardim Paraíba, próximo ao Santuário Nacional deverá ser acionada para eventual estacionamento de veículos. Os locais devem ser equipados com banheiros químicos, bebedouros, pedregulhos no chão para facilitar o tráfego e sinalização. Considerando os estacionamentos particulares para ônibus que existem na cidade e nos hotéis, o município deve contar com um total de três mil vagas.

Julio Oliveira, gerente de Operações da Basílica de N. Sra. Aparecida, na cidade de Aparecida, informa: “operacionalmente falando, trabalhamos para acolher cerca de 500 mil romeiros no dia 13 e, para tanto, reservamos os dois bolsões laterais ao Centro de Apoio ao Romeiro somente para os pedestres”.

Maurício Garcias, da FRESP questiona: serão suficientes? “Acredito que não haverá infra-estrutura para receber todos os ônibus que chegarão àquela cidade”.

No dia 12 de maio, o pontífice visitará a Fazenda Esperança em Guaratinguetá, percorrendo o seguinte trajeto: avenida Padroeira do Brasil; rotatória da praça da Bandeira; viaduto Jacobelli; avenida J. K.; ponte Rosinha Filippo; praça 13 de Maio; avenida João Pessoa; rua Alexandre Flemming; e estrada Vicinal Tancredo Neves, até o bairro da Pedrinha. No retorno a Aparecida, a comitiva do papa pegará a estrada municipal Rafael Américo Ranieri, no trevo do Jardim Santa Luzia, passando pelo município do Potim.

Para tanto, foram criados três bolsões especiais de estacionamento: um na entrada da cidade (divisa com Aparecida); um à margem da Avenida J. K. (Ilha dos Ingás) e outro na área institucional ao lado do prédio do Fórum.

A prefeitura de São Paulo divulgou seu esquema de tráfego e estacionamentos durante a visita do papa: haverá bolsões no entorno do Campo de Marte, separados por cor, de acordo com a rodovia de origem do veículo. Não haverá bolsões de estacionamento nas proximidades do estádio do Pacaembu. Os ônibus deverão estacionar nos bolsões próximos ao Campo de Marte e os passageiros serão orientados a utilizar o Metrô ou transporte coletivo até o estádio.


mais notícias