468










Informações Locais
Brasil
Europa
América do Sul
America do Norte
Ásia
América Central / Caribe
África
Oceania

Informações Gerais
Trabalho no Exterior
Passagens Aéreas
Dicas de Imigração
Como me Locomover
Onde Dormir
Como me alimentar
Preparar a Mochila
Quanto vou Gastar
Notícias do Turismo
Vistos e Vacinas

Comunidade
Fórum VDM
Mochileiros em Viagem

Ferramentas
Álbum de Fotos
Conversor de Moedas
Conversor de Medidas
Quiz Voudemochila

Institucional
Anuncie no Voudemochila
Quem somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Questões Frequentes
Indique o Voudemochila
News Voudemochila
Estatísticas do Site
Trabalhe Conosco
Mapa do Site
Links Úteis

Parceiros
Vagas de emprego Jooble

Ler notícias Home > Notícias > Ler notícias
Anac não renova concessão e Pantanal vai parar de voar
fonte : Agência Estado
12-Mar-2008


Em meio a uma crise financeira, a companhia aérea Pantanal vai encerrar suas operações no próximo dia 24, data em que vence a sua concessão de transporte aéreo. A empresa pode continuar vendendo bilhetes para vôos até essa data e deverá acomodar todos os passageiros com bilhetes nos vôos a serem realizados ao longo das próximas duas semanas.

A Pantanal é uma companhia regional pequena - tem menos de 0,2% do mercado -, mas possui um grande ativo: 34 slots (horário para pousos e decolagens) no Aeroporto de Congonhas (zona sul de São Paulo). Com a iminência do seu fechamento, a concorrência já está de olho nos slots, que serão automaticamente retomados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A expectativa é de que seja feito um sorteio, como previsto na resolução nº 2 de 2007. Uma parte dos slots deve ser oferecida às companhias que já operam em Congonhas, e a outra parte a novos entrantes.

A Anac decidiu não renovar a concessão da Pantanal, que vence no dia 25, por falta de certidões negativas de débito com Receita Federal e Previdência. A empresa foi notificada três vezes pela Anac desde dezembro. E desde o dia 12 de fevereiro está limitada a vender bilhetes para um período de 15 dias. Apesar de seu tamanho reduzido, o fim da Pantanal representa o fim de algumas rotas ligando o Aeroporto de Congonhas ao interior de São Paulo (Araçatuba, Marília, Bauru e Presidente Prudente). A empresa voa ainda para Juiz de Fora (MG) e Mucuri (BA). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


mais notícias